Bem-vindo(a) ao nosso BLOG, onde você conhecerá um pouco do ARTISTA e da sua OBRA, navegando nos DEPOIMENTOS sobre a minha trajetória durante esses 40 anos de ATIVIDADE ARTÍSTICA E EXPOSIÇÕES e também em REPORTAGENS na mídia. Acompanhará o que estou fazendo agora: PARAHYBAVISTA e JOÃO & MARIA, poderá acessar meu ATELIER e nossa GALERIA VIRTUAL, me acompanhará no TWITTER, e visitará a MINHA CIDADE...

Respire fundo e vá mergulhando (clique em F11 e veja em tela cheia, é melhor)... Siga o blog e dê uma espiadinha nas novidades que publico. Sem pressa...

Ouça a pianista Juliana Steinbach enquanto navega ♫ ♫ ♪ ♫ ...

BOA VIAGEM!

Postagem em destaque

A ARTE PRIMEVA DA HUMANIDADE: XAMÃ - PINTURA E FÉ NA CAVERNA!

  O que faço, porque faço, como faço e onde faço. O xamanismo dos caçadores pré-históricos baseava-se na crença de que vis...

sexta-feira, 8 de março de 2013

FELIZ DIA DA MULHER!


FELIZ DIA DA MULHER!
Embora para mim todo dia seja dia de "Índia"...

Bruno Steinbach. "Anjo azul". Óleo/tela, 80 x 100 cm, 2007, João Pessoa, Paraíba, Brasil. Coleção: José William Chianca. João Pessoa, Paraíba, Brasil. Catálogo 144.
 

A Mulher sempre esteve presente na minha vida e na minha trajetória artística. E sempre estará. Retratei inúmeras mulheres no meu prazeroso ofício (em 2008 realizei a exposição “Mulheres em Evidência”, em comemoração ao mês da Mulher, onde mostrei retratos de mulheres que conquistaram o seu lugar na sociedade, o seu respeito e o seu sucesso profissional). Sem qualquer intenção de reduzir o universo feminino ao mero aspecto físico, à sua beleza e ao seu forte poder erotógeno e sensual, pintei vários nús, com muito prazer. As suas curvas, os seus volumes e as nuances tonais, as infinitas e belas possibilidades plásticas que suas formas possibilitam, com fantásticos jogos de chiaroscuro… Fenomenal!
Enfim, eis aqui a minha modesta contribuição para todos festejarmos alegremente este dia, marco de uma incrível história de lutas que essas criaturas maravilhosas travaram e que ainda enfrentam para conquistar definitivamente o seu merecido respeito entre os habitantes da Terra.

 
Bruno Steinbach Silva. "Retrato de Lala". Óleo / papel cançon, 66 x 48 cm, 1987, Camboinha , Cabedelo, Paraíba, Brasil. Acervo do Artista (Alaíde Maria Fernandes Fonsêca. Morreu em 2001, vítima de câncer de mama). Uma mulher linda, fascinante, brilhante... Fenomenal! Tão maravilhosa que Deus não teve paciência de esperar que envelhecesse ... e a levou, muito antes da hora!
Bruno Steinbach Silva. “Retrato de Lala”. Óleo / papel cançon, 66 x 48 cm, 1987, Camboinha , Cabedelo, Paraíba, Brasil. Acervo do Artista (Alaíde Maria Fernandes Fonsêca. Morreu em 2001, vítima de câncer de mama). Uma mulher linda, fascinante, brilhante… Fenomenal! Tão maravilhosa que Deus não teve paciência de esperar que envelhecesse … e a levou, muito antes da hora!
 
Bruno Steinbach. "Lala (in memoriam)" .   Óleo/tela, 100x80 cm, 2004, João Pessoa, Paraíba, Brasil. Acervo do Artista, João Pessoa, Paraíba, Brasil.

Bruno Steinbach. “Lala (in memoriam)” . 
Óleo/tela, 100×80 cm, 2004, João Pessoa, Paraíba, Brasil. Acervo do Artista, João Pessoa, Paraíba, Brasil.

 
 Bruno Steinbach. "Mulher dormindo" Óleo / tela, 100 x 120 cm, jun 2006, Brasília - DF.   Coleção: Érica Chianca, Brasília - DF.

Bruno Steinbach. “Mulher dormindo” Óleo / tela, 100 x 120 cm, jun 2006, Brasília – DF. 
Coleção: Érica Chianca, Brasília – DF.

O mito de Pigmaleão reflete o quanto um desejo pode ser transformado em arte: Pigmaleão era devoto da deusa Venus, deusa da beleza, mãe de Cupido, o arqueiro do amor. Pigmaleão era um escultor e rei de Chipre que se apaixonou por uma estátua que esculpira ao tentar reproduzir a mulher ideal. Ele via tantos defeitos nas mulheres que começou a abominá-las. Na verdade ele havia decidido viver em celibato na Ilha por não concordar com a atitude libertina das mulheres dali, que haviam dado fama à mesma como lugar de cortesãs, e, por isso, resolveu ficar solteiro. Era escultor e a mais bela obra que construiu foi uma estátua de mulher. Vamos refletir: Por que Pigmaleão esculpiu justamente uma bela mulher se ele achava as mulheres insuportáveis?
Pigmaleão achava a sua escultura tão perfeita que se apaixonou por ela.
Solicitou aos deuses que a transformasse em mulher. Afrodite, a deusa do amor, ouviu o seu pedido e, compadecida, deu vida à estátua, chamando-a Galatea.
Que todos nós possamos sublimar cada vez mais, colocando nossas angústias, nossos incômodos e nossos desejos reprimidos a serviço da Arte…

Bruno Steinbach."Sem Título" . Óleo/tela, 100x80 cm, 2004, João Pessoa, Paraíba, Brasil. Coleção: Dr. Antônio de Aracoelli Ramalho., João Pessoa-Pb. Catálogo 126.     Bruno Steinbach. "Sem Título" . Óleo/tela, 68x60 cm, 1984, João Pessoa, Paraíba, Brasil. Coleção: Walkíria Forte, João Pessoa-Pb. Catálogo 13.     Bruno Steinbach. "Sem Título". Óleo/tela, 68x60 cm, 1984, João Pessoa, Paraíba, Brasil. Catálogo 15. Coleção: Walkíria Forte, João Pessoa-Pb. Catálogo 14.          Bruno Steinbach. "Devaneio III". Óleo/duratex, 61 x 91 cm, 1999, Mossoró, Rio Grande do Norte, Brasil. Coleção particular. Catálogo 93.
8 de Março: Dia Internacional da Mulher Relembre as lutas sociais, políticas e econômicas das mulheres:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ENTRE EM CONTATO CONOSCO AQUI,
DÊ A SUA OPINIÃO...

CATÁLOGO

CATÁLOGO DAS OBRAS

OS RETRATOS

OS RETRATOS

EXPOSIÇÕES E MÍDIA

ARTISTAS BRASILEIROS 2006

JOÃO E MARIA

NO ATELIER DO ARTISTA (AGOSTO DE 2007)

NA CAVERNA (MAIO DE 2009)

NA CAVERNA (MAIO DE 2009)
Paraíba, Brasil, maio de 2009.

Ateliê de Pintura Bruno Steinbach

Seguidores

Google+ Followers

SIGA-ME POR Email

AGRADEÇO A SUA VISITA... VOLTE SEMPRE!